Mapa apresenta propostas de infraestrutura para facilitar escoamento da produção

Publicado em 16/03/2010 18:30 1080 exibições

A construção da ferrovia de Integração Centro-Oeste, que liga Uruaçu/GO a Lucas do Rio Verde/MT, é uma das propostas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para o Programa de Aceleração de Crescimento (PAC 2). “Essa obra vai contribuir para escoar a produção de 30 municípios do norte e nordeste de Mato Grosso, onde se concentra o maior cultivo de soja do estado”, ressaltou a coordenadora-geral de Infraestrutura Rural e Logística da Produção, Maria Auxiliadora Domingues de Souza, na 8ª reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Soja, em Brasília.<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Portos - São consideradas estratégicas para o agronegócio as ampliações nos portos de Vila do Conde e Santarém/PA e Itaqui/MA, com a construção de terminais específicos para a movimentação de grãos. “A produção agrícola está mais próxima desses portos, o que diminui o frete para o produtor rural,” ressalta Maria Auxiliadora.

Rios - Para tornar viável a navegabilidade e a movimentação de produtos agrícolas pelo corredor Centro-Norte, o Mapa considera primordial a implantação de eclusas no rio Tocantins, para eliminar o seu desnível. A melhoria da navegabilidade no rio Madeira contribuirá para aumentar a capacidade de escoamento dos produtos agrícolas de 10 milhões de toneladas para 209 milhões de toneladas por ano.

Rodovias - A construção da BR 242, que liga o município de Sorriso a Ribeirão Cascalheira/MT, proporcionará mais alternativas de transporte da produção agrícola do meio-norte do estado. A pavimentação da BR 080, que interliga a BR-158 (nordeste de MT) à BR-163 (centro de MT), vai encurtar distâncias em direção aos portos do Norte e Nordeste. O conjunto de propostas será encaminhado ao governo federal para análise e possível inclusão no PAC. (Kelly Beltrão)

Tags:
Fonte:
Mapa

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário