Porto informa que há risco maior de filas nesta colheita

Publicado em 08/02/2011 08:43 340 exibições
A Administração do Porto de Paranaguá informa que existe risco de congestionamento de caminhões no pico desta colheita. Em fevereiro do ano passado, a concentração do escoamento da safra resultou em uma fila de 15 quilômetros na BR-277, entre Curitiba e o litoral, num episódio isolado. O problema teria ocorrido por queda de energia elétrica e perda de acesso à internet, que levaram o sistema de identificação das cargas a um ‘apagão’. Desta vez, a previsão é que haja pressão por escoamento maior do que o sistema de embarque pode atender.

O diretor de desenvolvimento empresarial do Porto, Lourenço Fregonese, reconhece que há possibilidade de formação de filas neste ano, mas garante que o Porto está melhor preparado para atender à demanda. “Somente a dragagem nos dois berços – a ser concluída nos próximos dias – deve elevar de 15% a 20% a carga dos navios, que até 2010 deixavam o Porto com somente 70% de sua capacidade, em média”, argumenta. Por outro lado, ele observa que não há espaço nos armazéns do interior do Brasil para uma “supersafra”.

O inspetor da Policia Rodo­viária Federal (PRF) Ricardo Hary disse que, assim que os caminhões ocuparem os acostamentos, será deflagrada a Operação Safra, que ocorre quando o transporte de grãos provoca problemas no tráfego. Um dos trabalhos dos policiais é acordar os caminhoneiros durante a noite para que avancem com o veículo sempre que possível.

Tags:
Fonte:
Gazeta do Povo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário