Aprosoja e parlamentares cobram agilidade nas obras da BR-163

Publicado em 10/11/2011 09:47 387 exibições
A Aprosoja participou nesta quarta (09.11), em Brasília, de audiência com o ministro dos Transportes, Paulo Passos, juntamente com deputados federais de Mato Grosso e Pará, além de prefeitos de vários municípios mato-grossenses. O objetivo da audiência foi pedir atenção especial às obras na BR 163, que liga Mato Grosso ao Pará.

De acordo com o grupo que participou da reunião com o ministro, há problemas de liberação de recursos para execução das obras, o que poder gerar atraso no cronograma.

Segundo o diretor da Aprosoja, Carlos Fávaro, que participou da audiência em Brasília, a produção de grãos de Mato Grosso crescerá 10% na próxima safra, só de milho serão 10 milhões de toneladas. Entretanto as condições de infraestrutura não acompanham o dinamismo do agronegócio de Mato Grosso. “Precisamos com urgência viabilizar o escoamento da safra pelos portos do norte e a rodovia 163 é fundamental dentro deste contexto”, afirmou o dirigente.

O ministro afirmou que a priori não há nenhum impedimento para a liberação dos recursos necessários para a BR 163. As informações do ministério é que são R$ 77 milhões garantidos para a conclusão das obras.

A BR-613 tem mais de 1.700 quilômetros. A rodovia, quando finalizada, permitirá o escoamento de 6 milhões de toneladas de grãos pelos portos paraenses de Itaituba e Santarém, o equivalente a 150 mil carretas bi trens em 5 meses ou 30 mil viagens por mês.

Estiveram presentes na audiência os Deputados Federais de Mato Grosso Wellington Fagundes, (PR), Nilson Leitão (PSDB), Valtenir Pereira (PSB) e Neri Geller (PP), além dos prefeitos de Lucas do Rio Verde, Itaúba, Santa Helena, Peixoto de Azevedo e Sorriso.

ESTRADEIROS – Recentemente, uma equipe da Aprosoja e do Movimento Pró Logística entregou ao diretor geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), General Jorge Ernesto Pinto Fraxe, o relatório dos Estradeiros nas BRs 158, 163 e 080, realizados neste ano pela entidade. O grupo propôs uma série de medidas para dar mais agilidade às obras e melhorias de infraestrutura nas rodovias. A reunião foi em Brasília no dia 27 de outubro.

Tags:
Fonte:
Aprosoja

0 comentário