Milho: USDA reduz estimativa para estoques finais mundiais

Publicado em 10/04/2012 10:44 1189 exibições
O relatório de oferta e demanda divulgado pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) não trouxe mudanças para a produção norte-americana de milho na safra 11/12. 

A estimativa para a produção foi mantida em 313,91 milhões de toneladas, mesmo volume estimado no boletim anterior. Os estoques finais também foram mantidos e ficaram em 20,35 milhões de toneladas. 

Os números surpreenderam o mercado uma vez que os traders apostavem em uma redução dos estoques finais de passagem por conta do aumento da demanda para a fabricação de ração animal e etanol. 

No cenário mundial, o boletim reportou uma leve alta nas estimativas para a produção. A safra global foi projetada pelo USDA em 864,97 milhões de toneladas, ante as 864,96 milhões estimadas em março. 

A produção brasileira foi mantida em 62 milhões de toneladas e a da Argentina, por outro lado, passou de 22 milhões para 21,5 milhões de toneladas. Já a safra da China, segundo maior produtor mundial, foi mantida em 191,75 milhões de toneladas. 

Sobre os estoques finais mundiais, o volume estimado hoje pelo departamento norte-americano foi reduzido de 124,53 milhões para 122,71 milhões de toneladas. 
Tags:
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário