Milho: Demanda recua e preço volta a enfraquecer

Publicado em 15/05/2012 13:58 611 exibições
As negociações envolvendo milho seguem lentas no mercado brasileiro. Apesar de a, por sua vez, seguem na expectativa de quedas mais intensas nos preços e, dessa forma, paridade de exportação ainda estar acima dos preços médios internos, vendedores consultados pelo Cepea sinalizam interesse em elevar o volume ofertado no disponível brasileiro. Compradores postergam as aquisições. Dados divulgados pela Conab na semana passada dão embasamento à ação compradora. Segundo a Conab, a segunda safra de milho no Brasil foi elevada em mais de um milhão de toneladas em relação aos números de abril, para 30,18 milhões de toneladas, crescimento de 40,5% sobre a temporada anterior. Se consideradas as duas safras de milho, a oferta nacional deve ser de quase 66 milhões de toneladas, com acréscimo de 14,8% sobre a temporada 2010/11. Entre 7 e 14 de maio, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas – SP) subiu 1,2%, fechando a R$ 24,97/saca de 60 kg nessa segunda-feira-feira, 14. Se considerada a taxa de desconto NPR, também na região de Campinas, o preço médio à vista foi de R$ 24,52/sc de 60 kg na segunda, alta de 1,2% no mesmo período.
Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário