Milho: Colheita da safrinha avança lentamente nas principais regiões

Publicado em 19/06/2012 10:01 894 exibições
A colheita de milho ainda está em ritmo lento nas principais regiões produtoras de segunda safra. Segundo pesquisas do Cepea, no Paraná e no Rio Grande do Sul, ainda são poucas as lavouras prontas para serem colhidas. Além disso, o clima úmido na semana passada também atrapalhou a entrada das máquinas no campo. Em outras regiões, como em Mato Grosso do Sul, produtores devem dar início aos trabalhos de colheita no final deste mês. Em Mato Grosso, poucas lavouras foram colhidas. Pesquisadores do Cepea comentam que a comercialização segue lenta no mercado spot, mas boa parte da produção já está comprometida. Compradores dessas regiões seguem retraídos, na expectativa da grande oferta nas próximas semanas. Em Goiás, a boa safra de verão e a expectativa de produtividade excelente na segunda safra continuam dando o tom baixista aos preços. No Triângulo Mineiro, onde a colheita de verão está quase finalizada, a situação é semelhante. São estas regiões, principalmente, que seguem pressionando os preços nas praças paulistas, importadoras líquidas de milho. Entre 11 e 18 de junho, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas – SP) teve queda de 2,5%, fechando a R$ 23,80/saca de 60 kg nessa segunda-feira, 18. Se considerada a taxa de desconto NPR, também na região de Campinas, o preço médio à vista foi de R$ 23,34/sc de 60 kg na segunda, com recuo de 2,26% no mesmo período.
Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário