Leilão para remover milho tem todos os lotes contratados

Publicado em 23/10/2012 07:40 459 exibições
Preço do frete reajustado pela Conab vem despertando o interesse das transportadoras.
O pregão para a remoção de mais de 89 mil toneladas de milho em grãos, promovido pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) na última sexta-feira, 19 de outubro, teve todos os lotes oferecidos contratados. A operação também registrou um deságio de 22,2% registrado entre o valor de abertura (R$ 40 milhões) e o de fechamento (R$ 31,1 milhões).

“Nos últimos leilões de frete o preço foi reajustado e despertou interesse das transportadoras. No final, tivemos até deságio. Todos os trechos oferecidos foram contratados e o fluxo está se normalizando”, analisa o superintendente de Armazenagem e Movimentação de Estoques da Conab, Rafael Bueno.

De acordo com dados da Conab, o fluxo no transporte de milho dos estoques da instituição para as regiões afetadas pela seca (Nordeste, Sul e Norte) apresentou um aumento de cerca de 88% nas últimas semanas em relação a setembro. No mês passado, com os problemas enfrentados em relação ao frete, a Conab conseguia enviar uma média de sete mil toneladas por semana. Com o início dos embarques do leilão realizado em 14 de setembro (Aviso 331), este volume passou para 10,9 mil toneladas na primeira semana de outubro, e depois para 13,2 mil toneladas na segunda semana.

O produto faz parte dos estoques da Conab localizados em Mato Grosso e Goiás. A quantidade atualmente contratada é de 617 mil toneladas, todas destinadas para as operações de Venda Balcão, programa da Conab que comercializa milho em grãos a preço subsidiado para pequenos criadores rurais e agroindústrias de pequeno porte. Deste total, 286 mil toneladas já foram embarcadas para as regiões indicadas.
Tags:
Fonte:
Mapa

0 comentário