Milho: Cereal enfrenta pressão doméstica e externa

Publicado em 02/04/2013 12:22 504 exibições
A boa safra de verão e o interesse vendedor têm mantido os preços do milho em queda neste início de ano. As exportações estiveram aquecidas nos últimos nove meses – somente em 2013, já foram embarcadas 7,3 milhões de toneladas –, mas novos negócios para embarque em curto prazo estão praticamente parados, conforme levantamentos do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP. Nesse segmento, a equipe Cepea tem captado apenas a intensificação paulatina dos negócios referentes ao grão da safra de inverno. As estimativas de ligeiro crescimento da área de milho nos Estados Unidos, que levam à expectativa de safra recorde, pressionam ainda mais o cenário de médio prazo.

Desde o início do ano, os preços do milho no mercado de balcão cederam mais de 16% e, no de lotes, mais de 14%, considerando-se a média das regiões acompanhadas pelo Cepea em vários estados do Brasil. As médias atuais são apenas 3% maiores que as de um ano atrás no mercado de balcão (ao produtor) e 5% superiores no segmento de lotes. 

Tags:
Fonte:
Cepea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário