Safrinha de milho deve ser marcada por alta produção e queda no preço pago ao produtor

Publicado em 18/04/2013 12:34 716 exibições
A safrinha de milho deverá ter um grande volume de produção. De acordo com estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o total deve ultrapassar 40 milhões de toneladas. Produtores, no entanto, temem a queda do preço do grão. Em 2012, as exportações brasileiras foram beneficiadas devido à seca norte-americana, que não deve se repetir este ano. Com menos vendas, pode sobrar milho no mercado interno e o preço pago ao produtor deve cair. Nas estradas que cortam o Estado de Goiás, BRs e rodovias estaduais, o movimento cresce a cada dia, na medida em que avança a colheita dos grãos. Na grande maioria, são carretas carregadas com soja e um pouco de milho da última safra. Em alguns pontos, o trânsito é lento. É o caso da BR-060, que liga Mato Grosso do Sul a Brasília. A rodovia passa por obras e a quantidade de veículos complica o tráfego.

Veja a notícia na íntegra no site do Cenário MT
Tags:
Fonte:
Cenário MT

0 comentário