Publicidade

Milho deve chegar ao Ceará durante o mês de junho

Publicado em 20/05/2013 08:34 275 exibições

As 30 mil toneladas de milho doadas pelo Governo Federal ao Estado do Ceará que chegarão de navio, aportam no Porto do Pecém durante o mês de junho. Nesta semana, o secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins, e o superintendente estadual da Companhia Nacional de Abastecimento no Ceará (Conab), Agenor Pereira, conheceram a estrutura do Porto que será disponibilizada para receber, classificar e distribuir o milho.

Serão disponibilizados três armazéns no Porto do Pecém que receberão o milho após o descarregamento dos contêineres, sendo dois infláveis com 3 mil metros quadrados de área, cada e um estrutural, com área de 10 mil metros quadrados. Em seguida, o grão será ensacado no próprio terminal portuário e seguirá nos trens das linhas Norte e Sul da Ferrovia Transnordestina, para 20 estações ferroviárias, de onde partirá para armazéns apontados pelas respectivas prefeituras municipais e daí prossegue, por via rodoviária, para os demais municípios criadores no Interior do Ceará.

O secretário Nelson Martins recomenda às Prefeituras Municipais que peguem o milho nas estações indicadas para que ele seja distribuído para os criadores. “Precisamos do apoio das Prefeituras neste momento para que o milho chegue o mais rápido possível aos criadores”, afirmou. A saca de 60 quilos será vendida ao preço de R$ 18,10 para os agricultores familiares e a R$ 21 para os demais produtores rurais já cadastrados na Conab. “O dinheiro da venda do milho será utilizado para custear o transporte ferroviário para os municípios e também para investir na produção de forragem no Ceará”, completou o secretário.

Publicidade

Os produtores rurais devem procurar os escritórios da Ematerce para informar a quantidade que necessitam e fazer o pagamento do boleto. “A distribuição para os municípios obedecerá a demanda dos produtores, e vale ressaltar que só poderá comprar o milho o produtor que estiver em dia com a vacinação do rebanho contra a febre aftosa”, lembrou o secretário.

Segundo o superintendente da Conab no Ceará, Agenor Pereira, 15 mil toneladas de milho estão a caminho do Ceará pela via rodoviária. “Nós já comercializamos outras 13 mil toneladas nos armazéns do interior, onde os produtores também podem informar a quantidade que precisam”. A Conab está disponibilizando os seus técnicos para o apoio logístico na distribuição dos grãos para os produtores.

Tags:
Fonte:
Governo do Estado do Ceará

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário