Milho MT: Produtores seguem aguardando leilões do governo para sustentar preços

Publicado em 20/08/2013 08:25
452 exibições

Os produtores mato-grossensses de milho seguem aguardando leilões do governo como medidas para sustentar os preços do cereal, e assim garantir as negociações, que continuam lentas, apesar do avanço em julho. Até o mês passado, o estado comercializou 56,3% da produção estimada em 18,7 milhões de toneladas para a safra 2012/13, o que corresponde a 2,43 milhões de toneladas negociadas apenas no último mês. Destes, 95,4% de todo o milho negociado foi realizado através dos leilões do governo, o que corresponde a 2,3 milhões de toneladas, ou seja, apenas 111,6 mi toneladas foram negociadas "fora" dos leilões. Diante dessa situação fica clara a extrema necessidade neste momento dos leilões para estimular as negociações do cereal, que seguem bastante lentas. As cotações começaram a reagir aos leilões, todavia, os atuais patamares de preços do milho de R$11/sc no estado não cobrem nem seu custo de produção e acabam se tornando obstáculos para estimular as negociações. A situação pode se agravar ainda mais, se considerarmos a concorrência do milho norte-americano, que deve adentrar já no próximo mês no mercado, com logística, de longe, mais eficiente que a de Mato Grosso, podendo se tornar outro entrave para as negociações do cereal.

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte: Imea

Nenhum comentário