Milho percorre até 1,5 mil km para desviar de Santos e Paranaguá

Publicado em 26/08/2013 08:18
562 exibições

Parte da supersafra de milho produzida no Centro-Oeste do país e no Paraná caminha por uma rota de escoamento alternativa. A fila de espera para carregamento de grãos no Porto de Paranaguá, que pode chegar a 90 dias, tem feito o setor produtivo direcionar algumas cargas para o porto de Rio Grande (RS), que fica a mais de 1 mil quilômetros do corredor de exportação paranaense. Diferentemente do que ocorre no Paraná, a espera para carregamento no porto gaúcho dura quatro dias, conforme empresas que atuam no estado vizinho.

Leia a íntegra na Gazeta do Povo

Tags:
Fonte: Gazeta do Povo

0 comentário