Milho MT: Após período de desestímulo, comercialização avança

Publicado em 17/09/2013 08:25
519 exibições

A comercialização do milho apresentou o maior avanço nos últimos 30 dias em Mato Grosso, justificado pelos leilões do governo que sustentam as vendas do grão. A produção de 21,9 milhões de toneladas do milho 2012/13 foi 55,9% comercializada até o mês de agosto, uma evolução de 11,3 p.p. em relação ao mês anterior, restando ainda a serem comercializadas 9,7 milhões de toneladas da safra. No mesmo período do ano passado 89,5% do milho já estava negociado. Vale salientar, no entanto, que a produção neste ano é 18,6% superior a 2012 e, portanto, é normal um atraso em virtude do aumento de sua oferta. Porém, o atraso na comercialização vai muito além da grande oferta do produto. Em virtude da lei de oferta e demanda, os grandes volumes derrubam os preços, desestimulando os negócios no Estado. No último mês o preço do milho com base em Lucas do Rio Verde cedeu 7,0%, saindo de R$10,06/sc para R$ 9,35/sc na última semana, ficando R$ 3,67/sc abaixo de seu preço mínimo. Para o próximo mês a comercialização fica relacionada com o preço deste produto, sendo seu principal destino o mercado externo. No entanto, a entrada da safra nova de milho norte-americana aumenta a disputa com as vendas mato-grossenses que, por falta de infraestrutura, dificulta o escoamento, podendo limitar as compras de mais milho das empresas exportadoras. 

Leia o boletim completo no site do Imea

Tags:
Fonte: Imea

Nenhum comentário