Milho MT: Pepro cumpriu papel de garantir escoamento

Publicado em 03/12/2013 07:03 421 exibições

A realização dos leilões de Pepro de milho na tentativa de estimular a sustentação das cotações e assim assegurar a comercialização do cereal se tornou frequente a partir do segundo semestre deste ano. De julho a novembro a Conab somou um total de dez leilões de Pepro, negociando 8,92 milhões de toneladas da safra brasileira 2012/13. Destes, 8,36 milhões de toneladas, ou seja, 93,8% do total é da safra mato-grossense, assegurando a negociação de 37% do total produzido pelo Estado nesta temporada. Desta forma os leilões de Pepro cumpriram seu papel de garantir o escoamento do milho, reduzindo aos poucos a grande pressão da superoferta que se tornou o grande entrave do grão neste ano. O governo brasileiro investiu R$ 451,9 milhões com os dez leilões de Pepro e, se somados aos cinco leilões de contratos de opção realizados em junho e julho, que comercializaram mais 2,08 milhões de toneladas de milho ao preço de R$ 15,12/saca, foram investidos mais R$ 519,35 milhões. O último leilão de Pepro arrematou apenas 50,3% do total ofertado inicialmente. Tal fato pode demonstrar um menor interesse dos agentes do mercado mato-grossense pelo escoamento neste momento, uma vez que há dificuldade em levar o produto até o Porto e embarcar no ritmo necessário. Sem previsão para o próximo leilão, o governo acompanhará a evolução do mercado para definir sobre a necessidade de realizar novas intervenções. 

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte:
Imea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário