Queda na remuneração reduz safra de milho em 800 mil toneladas em MS

Publicado em 24/02/2014 08:30 427 exibições
Queda na remuneração reduz safra de milho em 800 mil toneladas em MS Visitas: 12 24/02 A queda na remuneração para o produtor de milho de Mato Grosso do Sul vai reduzir em 800 mil toneladas o volume na safrinha do ciclo 2013/2014. A estimativa da Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja) é que o volume recorde colhido no ano passado, de 7,8 milhões de toneladas, caia 10%. A redução é uma reação dos produtores ao preço pago pela saca de milho. A cotação no Estado gira em torno dos R$ 19,90, 24% menos do que os R$ 24,62 do mesmo período de 2013. O valor dos contratos futuros – quando o milho é negociado de forma antecipada para ser comercializado em meados de agosto - também não aponta cenário otimista: está na casa dos R$ 16,50, contra os R$ 19 da safra passada.

A queda na remuneração para o produtor de milho de Mato Grosso do Sul vai reduzir em 800 mil toneladas o volume na safrinha do ciclo 2013/2014. A estimativa da Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja) é que o volume recorde colhido no ano passado, de 7,8 milhões de toneladas, caia 10%.

A redução é uma reação dos produtores ao preço pago pela saca de milho. A cotação no Estado gira em torno dos R$ 19,90, 24% menos do que os R$ 24,62 do mesmo período de 2013. O valor dos contratos futuros – quando o milho é negociado de forma antecipada para ser comercializado em meados de agosto - também não aponta cenário otimista: está na casa dos R$ 16,50, contra os R$ 19 da safra passada.

Leia a notícia na íntegra no site Campo Grande News.

Tags:
Fonte:
Campo Grande News

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário