Milho: Previsão de clima favorável nos EUA pressiona preços em Chicago

Publicado em 11/04/2014 08:33 e atualizado em 11/04/2014 17:05 622 exibições

Nesta sexta-feira (11), os futuros do milho na Bolsa de Chicago (CBOT) trabalham do lado negativo da tabela. Ao longo das negociações, as principais posições da commodity reverteram os ligeiros ganhos e, por volta das 13h50 (horário de Brasília) registravam leves perdas de mais de 2 pontos. O vencimento maio/14 era cotado a US$ 4,99 por bushel. 

As cotações são pressionadas pelas previsões climáticas indicando temperaturas mais elevadas e redução no regime de chuvas para importantes regiões produtoras do Corn Belt nos Estados Unidos. Se confirmada, a situação poderá favorecer o avanço do plantio do milho norte-americano da safra 2014/15. Nos últimos pregões, as notícias de clima têm ganhado força e influenciado os preços futuros do cereal. 

Os números do relatório de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) também trouxeram volatilidade às cotações durante essa semana. Frente a esse cenário, o mercado tem buscado um melhor posicionamento. 

Apesar dessa situação, analistas afirmam que, os fundamentos para o mercado de milho permanecem positivos. Nos EUA, os estoques são apertados, no último boletim o departamento norte-americano reportou os estoques em 33,82 milhões de toneladas. E na safra 2014/15, os produtores deverão reduzir a área cultivada com o milho no país. 

Além disso, apesar do recuo apontado pelo USDA nas exportações semanais nesta quinta-feira, os números vieram fortes nas últimas quatro semanas e, até o momento, o país já exportou cerca de 41.965,4 toneladas, das 44.450,0 toneladas previstas pelo órgão. Ainda na visão dos analistas, os preços do milho em Chicago devem sustentar o patamar de US$ 5,00 por bushel.

 

Tags:
Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário