Milho: Mercado reflete previsão de clima quente nos EUA e opera em baixa

Publicado em 01/05/2014 11:20 352 exibições

Nesta quinta-feira (1), as cotações futuras do milho negociadas na Bolsa de Chicago (CBOT) registram mais uma sessão em queda. Por volta das 11h09 (horário de Brasília), as principais posições da commodity exibiam perdas entre  4,75 e 6 pontos. O vencimento maio/14 era negociado a US$ 5,09 por bushel. 

O mercado dá continuidade ao movimento de realização de lucros iniciado no último pregão. Apesar dos fundamentos positivos ao mercado do cereal, os preços têm sido influenciados pelas previsões climáticas nos EUA nas últimas semanas.

Para essa semana, as previsões ainda indicam chuvas em importantes regiões do Corn Belt, como Iowa e Wisconsin. As temperaturas também deverão ficar mais baixas nos próximos dias, cenário que dificulta a evolução do plantio no país, estimada até o dia 27 de abril, em 19% da área estimada, conforme dados do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos).

Entretanto, informações divulgadas pela agência internacional Bloomberg, na manhã desta quinta-feira, indicam que as temperaturas deverão ficar mais quentes na próxima semana. A expectativa é que o clima seco permaneça até o dia 8, situação que vai ajudar a secar os solos para que os produtores norte-americanos possam plantar.

Nas últimas semanas, o plantio foi prejudicado devido às condições de chuvas. Entretanto, analistas ressaltam que, em função dos equipamentos altamente tecnológicos, os agricultores do país podem semear grandes áreas em curto espaço de tempo.

Tags:
Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário