Milho: Após atingir menor nível desde março, mercado opera em campo misto

Publicado em 21/05/2014 09:22 578 exibições

Nesta quarta-feira (21), as cotações futuras do milho negociadas na Bolsa de Chicago (CBOT) operam em campo misto, próximas da estabilidade. Por volta das 9h04 (horário de Brasília), o vencimento julho/14 era negociado a US$ 4,73 por bushel, com ligeira alta, de 0,25 ponto. Os demais contratos do cereal exibiam perdas de 0,25 ponto.

O mercado busca uma recuperação após as quedas registradas na última sessão. Nesta terça-feira, o contrato julho/14 alcançou o menor patamar desde 31 de março, de US$ 4,74 por bushel. Entretanto, o vencimento apresentou a quinta queda consecutiva, a mais longa desde 7 de novembro.

Analistas afirmam que as especulações de que o clima benéfico irá impulsionar a semeadura do grão nos EUA permanece sendo o principal fator de pressão nos preços. A agência internacional Bloomberg, informou nesta terça-feira, que o tempo quente e seco nos próximos dias irá contribuir para a evolução do plantio, especialmente, de Dakota do Norte a Ohio.

Segundo o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), até o dia 19 de maio, o plantio do cereal estava completo em 73% da área projetada. O percentual está acima do índice registrado no mesmo período do ano passado, de 65%, porém abaixo da média dos últimos cinco anos de 76%.

Paralelo a esse cenário, a projeção é que os EUA colha uma safra recorde na safra 2014/15, de 98,93 milhões de toneladas, caso o clima seja favorável. Diante dessa situação, alguns analistas sinalizam que os preços da commodity ainda podem recuar até US$ 4,50 por bushel.

Tags:
Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário