Milho safrinha de MT cresceu 35 mil hectares além da estimativa inicial

Publicado em 26/05/2014 08:00 457 exibições

Quando tudo parecia definido na segunda safra do milho, em Mato Grosso, veio a surpresa: a área recuou menos do que o esperado. Duas regiões acreditaram na cultura e ampliaram a superfície – na contramão do registrado no Estado – e o clima vem ajudando o desenvolvimento, com chuvas atípicas para esta época. Em função desses novos fatores, o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) reajustou para cima a área plantada com a cultura, ao elaborar o quinto levantamento da safra 2013/14 do milho safrinha. Houve ganho espacial de 35 mil hectares, todos localizados ao oeste e nordeste de Mato Grosso.

Como frisam os analistas do Imea, o levantamento do mês de maio traz pequenas alterações apenas para a expectativa de área e produção em Mato Grosso. “Em virtude das inconsistências climáticas, algumas regiões do Estado estão apresentando chuvas atípicas para esta época do ano. Assim, até o final do desenvolvimento das lavouras de milho neste ciclo, a produtividade em campo pode ser alterada, sobretudo, na área de milho semeada fora da janela ideal, ou seja, depois do final de fevereiro. Com isso, a expectativa de produtividade foi mantida a mesma do último levantamento com média de 85,4 sacas/hectare para o Estado, representando uma queda de 15,82% em relação à safra passada”.

Leia a notícia na íntegra no site do Diário de Cuiabá.

Tags:
Fonte:
Diário de Cuiabá

0 comentário