Milho: Divulgado edital do primeiro leilão de Pepro do dia 20 de agosto

Publicado em 12/08/2014 12:49 e atualizado em 12/08/2014 18:09 986 exibições

Diante das baixas cotações no mercado internacional, das elevadas quedas no preço do milho e nas solicitações – feitas por entidades como a Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) e a Associação dos Produtores de Soja e Milho (Aprosoja) Goiás - o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou nesta segunda-feira (11) o edital do primeiro leilão do Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural ou suas cooperativas (Pepro). Segundo o documento, o referido volume é de 75.000 toneladas para Goiás, 75.000 toneladas para o Mato Grosso do Sul e 900.000 toneladas para o estado do Mato Grosso.

As entidades representativas entendem que o volume ainda é muito pequeno, mas servirá como piloto para que o Mapa verifique as intenções de cada estado, sendo complementado com outros leilões ao longo das próximas semanas.
Este primeiro leilão será realizado no dia 20 de agosto, no período da manhã, e os produtores interessados deverão entrar em contato com uma corretora de grãos para fazer o cadastramento e obter mais detalhes do procedimento operacional. O valor do Prêmio será divulgado próximo ao dia do leilão.

Entenda o caso
Depois do início da colheita da segunda safra brasileira e influenciado pelas baixas cotações no mercado internacional, os preços do milho tiveram elevadas quedas, ficando abaixo do preço mínimo estipulado para Goiás, de R$17,67. Por este motivo, a Faeg e a Aprosoja Goiás fizeram solicitações para intervenção do Governo Federal, no sentido de garantir o preço definido pela Política de Garantia de Preço Mínimo (PGPM).

Agora, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) vai realizar o leilão de 1.050 mil toneladas de milho, safra 2013/2014, para atender avicultores, suinocultores, bovinocultores e suas cooperativas, indústria de ração para avicultura e suinocultura de várias localidades.

O arrematante, produtor rural ou cooperativa, só não pode escoar o produto para as regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste, com exceção dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e norte de Minas Gerais, além de Bahia, Maranhão, Piauí, Rondônia e Tocantins.

Os lotes do produto, conforme o Aviso de Venda 117 e que já está no site, estão distribuídos por diversas regiões de Mato Grosso, estado de onde deve partir o escoamento. Outra informação para o adquirente é a definição do preço do milho, para fins de preenchimento do Documento Confirmatório da Operação (DCO). Será de R$ 0,226/kg para o estado do Mato Grosso e de R$ 0,2945/kg para os estados do Mato Grosso do Sul e de Goiás. (Com informações da Conab)

Clique aqui e veja o edital completo - Pepro

Conab divulga volume e regiões para leilões de Pepro

Volume ficou abaixo do esperado pelos produtores de Mato Grosso
 
A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou o aviso de leilão do Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) para a próxima quarta (20),a partir das 9h (horário de Brasília). Para Mato Grosso, foram disponibilizados prêmios para 900 toneladas de milho em cinco regiões.
 
“O volume de recursos foi menor do que requerido pela entidade, entretanto, a liberação do PEPRO garante ao produtor o cumprimento da política de preço mínimo da cultura do milho para nosso estado e mostra a preocupação do governo federal com o produtor”, diz Frederico Azevedo, gerente da comissão de Política Agrícola da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT).
 
Este ano, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) realizou um remanejamento de municípios e suas respectivas regiões. Ipiranga do Norte saiu da região 2 (Centro-Norte) para a região 1 (Norte) e Nova Mutum e Santa Rita do Trivelato saíram da região 3 (Centro-Sul) para a região 2 (Centro-Norte).  As demais regiões são Nordeste (região 4) e Sudeste (região 5) e permaneceram inalteradas. Veja mapa das regiões anexo.
 
Os interessados em participar do leilão deverão cadastrar-se junto às corretoras, cooperativas ou, caso pretendam participar individualmente, preencher o Demonstrativo da Lavoura Cultivada junto à Conab.
 
O produtor que participar deste leilão terá que vender a produção que foi beneficiada com o prêmio até dia 24 de setembro e deverá comprovar o escoamento até dia 16 de fevereiro do próximo ano, mesma data em que deverá protocolar junto a Conab o recebimento do Pepro. De acordo com o aviso, o valor máximo do prêmio será divulgado com até dois dias de antecedência da realização do leilão.
 

Tags:
Fonte:
Faeg + Conab + Aprosoja

0 comentário