Milho: 3º Pepro acontece nesta quinta e maior prêmio é para Norte de MT

Publicado em 10/09/2014 15:48 583 exibições

Nesta quinta-feira (11), a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) realiza o terceiro leilão de Pepro (Prêmio Pago ao Produtor Rural), para o escoamento da safra de milho. Nesta operação, serão ofertadas no total 1,8 milhão de toneladas do grão para produtores rurais e cooperativas dos estados de Mato Grosso, Norte de Mato Grosso do Sul, Goiás, Oeste da Bahia, Sul do Maranhão e Sul do Piauí.

Novamente, a maior oferta terá como origem o MT, com 1,5 milhão de toneladas de milho ofertadas. O maior prêmio oferecido também será para a região 1, Norte do estado, com R$ 3,55, valor de abertura. O número é pouco maior do que o registrado na abertura do último leilão, de R$ 3,54.

Para a região 2, Centro Norte de MT, o valor de abertura subiu de R$ 2,79 no último leilão, para R$ 3,15. Na região 3, Centro Sul, o prêmio também registrou um aumento de R$ 2,40 para R$ 2,88, assim como, a região 4, Nordeste do estado mato-grossense, o valor passou de R$ 2,73 para R$ 3,06.

Para o estado de Goiás, o prêmio de abertura ficou em R$ 1,42. O valor está acima do fixado na última operação, de R$ 1,21. Na contramão desse cenário, o valor do prêmio para a região Norte de Mato Grosso do Sul, recuou de R$ 1,83 para R$ 1,42. Já o prêmio para a região Oeste da Bahia apresentou aumento de R$ 1,00 e, aumentou de R$ 1,59 para R$ 2,59. 

Nas regiões Sul do Maranhão e Sul do Piauí, os prêmios de abertura do último leilão foram de R$ 1,59. Para a operação desta quinta-feira, a Conab reajustou os valores para R$ 3,09 e R$ 2,10, respectivamente.

Volume ofertado

Em relação ao volume ofertado, a região 1, Norte do estado, serão ofertadas 500 mil toneladas, mesmo volume da região 2, Centro Norte. A região 3, Centro Sul, ofertará 300 mil toneladas e a região 4, Nordeste, com 200 mil toneladas.

Em Goiás, o volume ofertado é de 75 mil toneladas, assim como, para a região Norte de MS. Mais uma vez, as regiões Oeste da Bahia, Sul do Maranhão e Piauí, irão ofertar 50 mil toneladas cada. 

Segundo informações do edital, o produto in natura não poderá ser escoado para os estados que compõem a região Centro-Oeste, Sul, Sudeste (com exceção do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Norte de Minas Gerais) e os estados da Bahia, Maranhão, Piauí, Sergipe, Pará, Rondônia e Tocantins. E a venda do produto deverá ser feita no máximo até o dia 16 de outubro, conforme informações contidas no edital.

Confira abaixo os valores dos prêmios do 3º leilão de Pepro:

Clique aqui e veja o edital na íntegra

Tags:
Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário