Cargill processa Syngenta por rejeição de milho dos EUA pela China

Publicado em 12/09/2014 15:20 e atualizado em 14/09/2014 09:25 1759 exibições

A Cargill, principal exportadora de grãos dos Estados Unidos, disse que entrou com processo contra a empresa de sementes Syngenta Seeds em um tribunal da Louisiana reclamando de prejuízos provocados pela rejeição de milho geneticamente modificado dos EUA pela China.

A Cargill, com sede em Minnesota, disse em comunicado que a Syngenta expôs a trading de grãos a perdas ao comercializar a semente de milho Agrisure Viptera, também conhecida como MIR 162, antes da variedade ser aprovada para importação pela China, um importante país comprador.

Veja a notícia na íntegra no site da Reuters.

Tags:
Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário