Malta abre portas ao milho do Brasil

Publicado em 11/11/2014 13:27 257 exibições

A abertura de um novo canal de exportação deve ampliar o acesso do Brasil a um mercado que importa mais de 20 milhões de toneladas de milho ao ano. Malta, uma ilha que fica ao Sul do continente Europeu e norte da África, acaba de colocar sua infraestrutura portuária à disposição dos exportadores brasileiros. A ideia é que o ponto no Mar Mediterrâneo funcione como um centro de distribuição de cargas para países do Oriente Médio e Europa, que hoje compram individualmente em pequenos lotes, inclusive do Brasil. São oito clientes com potencial de aumento na importação do grão: Irã, Egito, Arábia Saudita, Marrocos, Argélia, Tunísia, Itália e Líbia. No ano passado, eles receberam 7 milhões de toneladas do cereal produzido em lavouras brasileiras e 16,4 milhões de toneladas de outras origens. Estados Unidos e Canadá são os principais competidores na região.

Quem está à frente das negociações com o governo maltês é Steve Cachia, diretor de Inteligência de Mercado da Cerealpar, com sede em Curitiba (PR). A empresa assinou um acordo de intenções de negócios com o país europeu, que tem um consumo interno muito pequeno e por isso estava subutilizando a infraestrutura do terminal KGT (Kordin Grain Terminal). A intenção é que o primeiro embarque ocorra ainda na safra 2014/15. “Qualquer exportador poderá usar essa rota” ressalta Cachia, que é maltês e vive no Brasil há mais de 20 anos.

Leia a notícia na íntegra no site da Gazeta do Povo

Tags:
Fonte:
Gazeta do Povo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário