Final de ano com excessos hídricos e boas lavouras de milho em Santa Fe, Argentina

Publicado em 28/12/2016 15:24
94 exibições

O centro-norte da província de Santa Fe, na Argentina, foi afetado por instabilidade climática, altas temperaturas e tempestades na última semana. A chuva caída superou os 200mm nos departamentos Castellanos, Las Colonias e La Capital, com uma porcentagem muito alta de cobertura e com uma duração que flutuou de um a quatro dias, segundo informou a Bolsa de Comércio de Santa Fe e o Ministério da Produção da província, em seu informe semanal do Serviço de Estimativas Agrícolas (SEA).

A situação ambiental também interrompeu as atividades que vinham sendo realizadas, como o plantio de soja da segunda etapa de plantio, sorgo, algodão e lavouras de milho de segunda etapa.

De acordo com o SEA, as condições atuais são muito favoráveis para o milho de segunda etapa, fortalecendo as intenções de plantio para esta safra.

O milho de primeira etapa se encontra em seu período crítico de enchimento de grãos, com 90% de boa resposta nos lotes, devido a uma boa disponibilidade de água no solo. Segundo o SEA, se observa um estado geral de bom a muito bom, com lotes excelentes, consolidando expectativas muito alentadoras para os futuros rendimentos.

A porcentagem restante apresenta um estado de bom a regular, o que revelou lotes com limitantes produtivos, seja por suas posições topográficas ou por solos com baixa aptidão para o cultivo.

Tradução: Izadora Pimenta

Fonte: Infocampo.com.ar

Nenhum comentário