Milho inicia pregão desta 6ª feira do lado negativo da tabela em Chicago

Publicado em 17/02/2017 09:24
64 exibições

Novamente, os futuros do milho negociados na Bolsa de Chicago (CBOT) trabalham do lado negativo da tabela. Nesta sexta-feira (17), por volta das 8h38 (horário de Brasília), os principais contratos da commodity testavam quedas entre 2,75 e 3,00 pontos. O março/17 era cotado a US$ 3,70 por bushel, enquanto o maio/17 operava a US$ 3,78 por bushel.

As cotações do cereal dão continuidade ao movimento de perdas. Ainda nesta quinta-feira, as cotações cederam mais de 1% diante do recuo nas vendas semanais de milho indicado pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos). Na semana encerrada no dia 9 de fevereiro, as vendas de milho somaram 1.068,7 milhão de toneladas.

A questão do México em meio à possibilidade de suspensão nas importações de milho dos EUA também continua rondando o mercado. O país é o principal comprador do produto americano. Além disso, os participantes do mercado ainda acompanham as informações sobre a nova safra norte-americana. A projeção é que em algumas áreas a semeadura do cereal comece na próxima semana. 

Confira como fechou o mercado nesta quinta-feira:

>> Em Chicago, milho consolida novo dia de queda e registra desvalorização de mais de 1% no pregão desta 5ª feira

Tags:
Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário