Milho em Chicago experimenta uma pequena devolução dos ganhos da sessão de quinta (14)

Publicado em 15/09/2017 09:45
169 exibições

Há um toque de liquidação, de parte do milho comprado na véspera (inclusive no contrato de setembro que deixava de ser negociado), na sessão desta sexta (15) na Bolsa de Chicago (CBOT). As variáveis que sustentaram as altas moderadas de ontem ainda permanecem na cabeça dos investidores, mas os futuros estão em ligeiras quedas desde as operações de overnight.

O dezembro se encaminhava, a aproximadamente 9h40 (Brasília), em 1 ponto menor, a US$ 3,53, e o março com variação negativa igual, mas cotado a US$ 3,65.

Os preços subiram as duas últimas sessões, apesar do relatório do USDA no início desta semana em que a agência aumentou inesperadamente sua previsão de rendimento do milho. O relatório foi amplamente divulgado por produtores, analistas e comerciantes que sentem que as culturas não são tão grandes quanto o governo espera.

Pelo lado da demanda, as vendas de milho na primeira semana do novo ano de comercialização que começaram em 1 de setembro foram bastante sólidas, totalizando 1,05 milhões de toneladas métricas, informou a agência americana para a agricultura.

BM&F Bovespa

Os dois contratos de 2017, inclusive o setembro ainda em negociação, estão em leve alta, com 0,59%/R$ 28,59 e 0,64%/R$ 30,04, o novembro.

Tags:
Por: Giovanni Lorenzon
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário