Milho: Mercado acompanha quedas do trigo e amplia desvalorização no pregão desta 2ª feira em Chicago

Publicado em 16/04/2018 13:06 e atualizado em 16/04/2018 17:41
222 exibições

LOGO nalogo

Durante o pregão desta segunda-feira (16), os futuros do milho ampliaram as perdas na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais posições da commodity testavam quedas entre 3,50 e 4,00 pontos, por volta das 12h46 (horário de Brasília). O maio/18 era cotado a US$ 3,82 por bushel, enquanto o julho/18 operava a US$ 3,90 por bushel.

Segundo informações reportadas pela agência Reuters internacional, as cotações do milho são pressionadas pela perda mais expressiva registrada nos futuros do trigo. No mesmo horário, os preços da commodity recuavam mais de 8 pontos, com o maio/18 a US$ 4,654 por bushel.

"As previsões climáticas mostram outra grande tempestade essa semana que poderia trazer chuvas muito necessárias para as planícies do sudoeste dos EUA", reportou o analista Bryce Knorr, da Farm Futures.

Ainda assim, a Reuters destaca que as "preocupações com o frio atrasando o plantio nos EUA mantêm a fraqueza da soja e do milho sob controle". O foco dos participantes do mercado permanece na nova safra nos Estados Unidos.

No final de semana, nevascas foram registradas em muitas regiões no país. "O radar da noite de domingo mostra que a nevasca ainda atingia o cinturão de milho, enquanto fortes chuvas já haviam atravessado a região", destacou o WxRisk.com, ao Agrimoney.com.

BM&F Bovespa

Apesar da leve alta registrada no câmbio, os futuros do milho na BM&F Bovespa trabalham em campo negativo nesta segunda-feira. Por volta das 12h54 (horário de Brasília), os vencimentos do cereal exibiam quedas entre 0,57% e 1,08%. O maio/18 trabalhava a R$ 38,60 a saca e o setembro/18 a R$ 35,46 a saca.

As cotações acompanham a queda registrada nos preços futuros negociados no mercado internacional. Já o dólar operava a R$ 3,42, com leve ganho, de 0,07%.

Tags:
Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário