Com demanda aquecida, preço do milho em Campinas é 23% maior do que há um ano

Publicado em 07/03/2019 15:07
164 exibições
Incertezas climáticas e especulações sobre a segunda safra de 2019, que está sendo cultivada no país, colaboram com o viés, segundo a Scot Consultoria

Oferta restrita de lotes de milho segunda safra 2018 e a demanda aquecida no mercado doméstico e também na exportação continuam dando sustentação às cotações do cereal no mercado físico. Segundo a Scot Consultoria, essa situação não deve mudar no curto e médio prazos, com possibilidade de novas altas.

Na região de Campinas (SP), a saca de 60 quilos fechou fevereiro cotada a R$ 43, sem o frete, alta de 4,9% no acumulado do mês e de 22,9% ante igual período do ano passado. As incertezas climáticas e especulações sobre a segunda safra de 2019, que está sendo cultivada no país, também colaboram com o viés de alta que perdura desde o início de 2019, destaca a consultoria.

Confira a notícia na íntegra no site da Revista Globo Rural

Tags:
Fonte: Revista Globo Rural

Nenhum comentário