Milho abre a quinta-feira com resultados misturados na Bolsa de Chicago

Publicado em 02/05/2019 09:34 e atualizado em 02/05/2019 12:20
327 exibições

LOGO nalogo

A quinta-feira (02) começa resultados misturados para os preços internacionais do milho futuro na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam movimentações entre 0,25 pontos negativos e 2,25 pontos positivos por volta das 09h14 (horário de Brasília).

O vencimento maio/19 era cotado à US$ 3,62, o julho/19 valia US$ 3,69 e o setembro/19 era negociado por US$ 3,76.

Segundo análise de Bryce Knorr da Farm Futures, os preços do milho estão misturados hoje, com os futuros tentando estender seu rali. Os atrasos no plantio continuam a conduzir a cobertura a descoberto de fundos que detêm uma aposta recorde contra o milho.

Um pouco de notícias sobre a demanda também está se infiltrando nos mercados. A produção de etanol na semana passada caiu, mas os estoques caíram um pouco também, de acordo com os últimos dados do departamento de energia.

“Após o fechamento do USDA, as usinas usaram 441,7 milhões de bushels (11,2 milhões de toneladas) de milho em março, menos do que esperávamos, mantendo a eficiência forte diante das margens fracas. O ritmo baixo continua a sugerir que o USDA está muito alto na estimativa para o uso da safra de 2018, a menos que haja um surto de E15 neste verão”, diz Knorr.

Espera-se que as vendas de exportação desta manhã sejam um pouco melhores do que as 30,7 milhões de bushels (779.810 toneladas) da semana passada, permanecendo acima da taxa necessária durante o verão para alcançar a previsão do USDA para o ano de comercialização.

Confira como fechou o mercado na última quarta-feira:

>> Milho: Mercado fecha a sessão desta 4ª com altas na Bolsa de Chicago

Tags:
Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário