Cotações do milho em Chicago seguem em alta nessa terça-feira com dúvidas sobre o plantio americano

Publicado em 14/05/2019 09:33 e atualizado em 14/05/2019 12:30
434 exibições

LOGO nalogo

A terça-feira (14) começa com valorizações presentes nos preços internacionais do milho futuro na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam altas entre 7,25 e 8,50 pontos por volta das 09h07 (horário de Brasília).

O vencimento maio/19 era cotado à US$ 3,54, o julho/19 valia US$ 3,65 e o setembro/19 era negociado por US$ 3,73.

Segundo análise de Bryce Knorr da Farm Futures, os preços do milho subiram durante a noite, com os contratos antigos e novos da safra avançando após as reversões de alta na segunda-feira, em relação às baixas dos contratos.

O plantio de milho avançou apenas 7% na semana passada para 30%, com todos os 18 estados incluídos na pesquisa de progresso do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) abaixo da média. O estado de Illinois ficou em segundo lugar, com apenas 11% no solo, 71% a menos do que a média de cinco anos. O surgimento também é lento, em 10%, 19% abaixo da média.

“Mesmo com um progresso recorde na próxima semana, o potencial de rendimento pode ser reduzido em quase 500 milhões de bushels. Isso não garante uma safra menor, no entanto. Os rendimentos ainda podem estar acima da média se as temperaturas frescas e a boa umidade neste verão prevalecerem”, diz Knorr.

Confira como fechou o mercado na última segunda-feira:

>> Atraso no plantio do milho nos EUA sustenta altas de Chicago nesta segunda-feira

Tags:
Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário