Milho se recupera das baixas de ontem e abre sexta-feira se valorizando em Chicago

Publicado em 24/05/2019 09:31 e atualizado em 24/05/2019 12:11
217 exibições

LOGO nalogo

Após fechar o último pregão em baixa pela primeira vez na semana, os preços internacionais do milho futuro abrem a sexta-feira (24) com valorizações na Bolsa de Chicago (CBOT). As principias cotações registravam altas entre 5,00 e 5,75 pontos por volta das 08h52 (horário de Brasília).

O vencimento julho/19 era cotado à US$ 3,95, o setembro/19 valia US$ 4,04 e o dezembro/19 era negociado por US$ 4,13.

Segundo análise de Bryce Knorr da Farm Futures, os futuros de milho são mais altos, recuperando-se das reversões de baixa de quinta-feira em contratos de safra antigos e novos.

“Com os prazos de plantio para cobertura de seguro de safra total começando a trabalhar através do Cinturão do Milho ao longo das próximas semanas, o milho enfrenta uma perda de cerca de 1,4 bilhão de bushels (35,56 bilhões de toneladas) de potencial produtivo sem condições perfeitas durante o restante da estação de crescimento”, aponta Knorr.

O tempo continua a interromper o tráfego no sistema fluvial. O porto de St. Louis fechou ontem e pode não reabrir até 2 de junho. Pouco tráfego está se movendo no rio ao sul de New Boston, Illinois, com chuvas mais pesadas atravessando o Vale do Alto Rio Mississippi.

Confira como fechou o mercado na última quinta-feira:

>> Milho se desvaloriza em Chicago após USDA anunciar pacote de ajuda aos agricultores

Tags:
Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário