Milho registra leve alta no início desta sexta-feira em Chicago

Publicado em 06/12/2019 09:18 e atualizado em 06/12/2019 12:09
229 exibições
Possibilidade de avanço na relação China-EUA anima

LOGO nalogo

A sexta-feira (06) começa com leves valorizações para os preços internacionais do milho futuro na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam altas entre 1,50 e 2,00 pontos por volta das 08h59 (horário de Brasília).

O vencimento dezembro/19 era cotado à US$ 3,67 com ganho de 2,00 pontos, o março/20 valia US$ 3,78 com elevação de 1,75 pontos, o maio/20 era negociado por US$ 3,84 com valorização de 2,00 pontos e o julho/20 tinha valor de US$ 3,88 com alta de 1,50 pontos.

Segundo o site internacional Successful Farming, os grãos ficaram mais altos no comércio da noite para o dia depois que a China disse que planeja isentar alguns produtos agrícolas de tarifas, numa tentativa de aliviar as tensões comerciais com os Estados Unidos.

O Ministério das Finanças da China disse hoje que isentaria soja e porco para empresas que solicitaram isenções, mas nenhum detalhe sobre essas movimentações foram disponibilizados.

“Os analistas esperam que o chamado acordo comercial da primeira fase seja implementado em breve, apesar da retórica em curso entre os dois países, já que os dois lados têm incentivo para chegar a um acordo”, aponta Tony Dreibus da Successful Farming.

Relembre como fechou o mercado na última quinta-feira:

>> Milho encerra quinta-feira em baixa na Bolsa de Chicago

Tags:
Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário