Sorriso: saca do milho não alcança nem 50% de preço mínimo estipulado por governo

Publicado em 29/01/2010 09:48 3101 exibições
O milho voltou a registrar queda no Estado. A situação mais preocupante é de Sorriso, onde a saca está sendo comercializada R$ 7,20 mais barata do que o preço mínimo estipulado pelo Governo, de R$ 13, para o Mato Grosso. Na cidade, a saca é vendida a R$ 6, o que equivale a apenas 45,45% do valor estipulado. A região também aponta redução acumulada de R$ 1,50 desde o início do ano. Nenhuma cidade mato-grossense vende o produto pelo preço mínimo. O melhor índice, praticado em Rondonópolis, com R$ 9 para oferta de compra e R$ 10,80 no pedido de venda, também apresenta queda acumulada de R$ 0,90. Na sequência vem Campo Verde com oferta de R$ 8 (compra) e de R$ 9,80 (venda), R$ 0,90 a menos do que o valor praticado na primeira semana do ano.

Primavera contabilizou R$ 8 para oferta de compra e R$ 9,80 no pedido de venda, R$ 0,90 a menos. Lucas fechou com solicitação de preço pelos produtores em R$ 8,70 e a oferta de compra em R$ 6,20, queda acumulada de R$ 1,20. Em Canarana o valor ficou em R$ 8 (compra) e R$ 10,20 (venda), redução de R$ 1,50 nos últimos dias.

Tangará da Serra ficou em R$ 7 (compra) e R$ 8,80 (venda), R$ 0,50 a menos por saca em relação ao início do mês. Sapezal registrou R$ 6,40 (compra) e R$ 8,70 (venda), amargando queda de R$ 1,10 a saca. Os dados são do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Tags:
Fonte:
SóNotícias

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário