Oferta e demanda de milho crescem no estado de SP

Publicado em 06/04/2010 10:19 801 exibições
Tanto a oferta quanto a demanda de milho deverão crescer 2,6% em São Paulo em 2010 na comparação com 2009, conforme a primeira estimativa da Câmara Setorial de Milho da Secretaria de Agricultura do Estado para o comportamento desse mercado no ano.

O levantamento aponta que a oferta total, levando-se em consideração as duas safras (verão e inverno) e os estoques, alcançará 8,714 milhões de toneladas, ante 8,490 milhões no ano passado. Já a demanda deverá passar de 7,904 milhões de toneladas, em 2009, para 8,109 milhões em 2010. A matemática mostra, portanto, que o "saldo" crescerá 3,2%, de 586 mil para 605 mil toneladas neste ano.

Do lado da oferta, chama a atenção a queda de 3% da produção de verão, para 3,278 milhões de toneladas, e a previsão de aumento de 6,8% das importações, para 4,046 milhões de toneladas.

Na demanda, os destaques das projeções divulgadas pelo Instituto de Economia Agrícola (IEA) - são os incrementos dos consumos na pecuária de corte (10%) e na avicultura de corte (5%).

O aumento da disponibilidade de milho pode manter o mercado pressionado. Nos últimos 12 meses até março, segundo o IEA, os preços pagos aos produtores do Estado recuaram 15,45%. Nesse intervalo, a baixa só é menor que a amargada pelos produtores de soja (24,28%), de trigo (20,21%) e de arroz (18,01%).
Tags:
Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário