Argentina aumenta cota de exportação de milho

Publicado em 17/05/2010 17:36 240 exibições
Nova quantidade total aprovada subiu para 13 milhões de toneladas

A Argentina aumentou a totalidade de milho autorizado a exportar da safra 2009-10 em 3 milhões de toneladas, trazendo a quantidade total aprovada para 13 milhões de toneladas. A nova cota de exportação é baseada na atualização do milho previsto pelo Ministério da Agricultura, com produção esperada para alcançar 21 milhões de t,oneladas comunicou o Oncca (Escritório de Comércio e Agricultura Nacional), na sexta-feira (14).


A demanda doméstica da safra de milho é estimada em 8 milhões de t. O governo rigidamente controla as exportações de grãos para assegurar estoques domésticos e só aprova embarques de exportação quando são suficientes à parte para o consumo doméstico.


Se a safra atual prevista se mantiver, nenhuma quantidade de milho mais desta temporada será aprovada para exportação. Entretanto, com a safra de milho apresentando altas produtividades, a produção final será provavelmente mais alta em cerca de milhões de t ou mais.


Na semana passada, a Bolsa de Cereais de Buenos Aires aumentou sua previsão para a produção de trigo para 21,7 milhões de t. Até agora, cerca de três quartos da safra de milho já foram colhidas.


Existem, provavelmente, aproximadamente 1 milhão a 1 milhão e meio de t de milho ainda disponíveis para exportar acima dos 13 milhões de t já aprovado para embarques, conforme o diretor executivo da Câmara de Milho Maizar, Martin Fraguio.


Com informações de agências internacionais


Tags:
Fonte:
Agência Safras

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário