PGPM mantido

Publicado em 28/05/2010 10:18 206 exibições

A definição sobre a redução dos preços mínimos para o trigo, o milho e o feijão da próxima safra foi adiada. Segundo o secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Gilson Bittencourt, o ministro Guido Mantega retirou o tema da pauta da reunião de ontem (27) do Conselho Monetário Nacional (CMN) para que se aprofundasse o debate sobre o assunto.<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

“Há o entendimento técnico de que há necessidade de revisão dos preços mínimos, e temos que analisar o quanto eles estão influenciando negativamente a produção”, afirmou Bittencourt.

O secretário observou que a medida, além do seu lado econômico, tem um viés político. “Tem um viés político porque é uma medida que não foi adotada anteriormente”, afirmou referindo-se ao fato dos preços mínimos de produtos agrícolas nunca terem sofrido uma diminuição.

Bittencourt disse, no entanto, que apesar de ser algo inédito, é importante haver redução, quando necessário, para que no caso de uma crise, por exemplo, os preços mínimos possam ser reajustados para mais rapidamente, criando um equilíbrio. A decisão final sobre o assunto será tomada em junho, provavelmente em uma reunião extraordinária do CMN.

 
Tags:
Fonte:
Agência Brasil

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário