PEP negocia 91% do total ofertado e supera expectativa do mercado. Confira o resultado

Publicado em 17/06/2010 15:00 e atualizado em 17/06/2010 18:15 495 exibições

O leilão de PEP (Prêmio paraEscoamento de Produto) realizado nesta quinta-feira (17) pela Conab, negociou 91,1% ou 911 mil  toneladas do volume total ofertado de um milhão de toneladas. A operação movimentou  R$ 72.646.134,00. O estado de Goiás, as regiões 1, 2 e 3 de MT e as duas regiões credenciadas do Paraná, negociaram 100% do milho ofertado. A região 5 de MT teve o pior desempenho e não registrou comercialização para 25 mil toneladas colocadas à disposição do comprador.

Clique no link abaixo e confira o resultado:

PEP


O leilão de Prêmio Equalizador pago ao Produtor– PEPRO, que também aconteceu nesta quinta-feira (17) ofertou 140 mil toneladas de milho do Oeste da Bahia. Ao todo, foram negociados 104,1 mil toneladas, o que representa 74,3% do total.  É o segundo leilão de PEPRO do ano na região, mas ainda não atende às reivindicações da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Grãos da Bahia, como a inclusão da categoria de comerciantes na condição de compradores e a ampliação do prazo para a realização da venda, de 19 de julho para 30 de outubro.

Clique no link abaixo e confira o resultado:

PEPRO

Tags:
Fonte:
Conab

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

3 comentários

  • Telmo Heinen Formosa - GO

    Surpreendente? Realmente aumentou a "saida" de contratos neste leilão e as autoridades e muitos outros se espantaram com o aumento da quantidade... A melhor leitura que se pode fazer desta história é que o "mercado" [Diga-se os agricultores...] absorveu como "natural" a devolução de parte do dinheiro que os compradores depositam em sua C/Corrente para cumprir o Preço Mínimo. Nós não somo uma Nação, somos apenas um time de futebol, e olhe lá... Que vergonha!

    0
  • Redação Notícias Agrícolas Campinas - SP

    TEXTO CORRIGIDO. OBRIGADO PELA PARTICIPAÇÃO

    0
  • Wanderley do Nascimento Costa Sorriso/MT - MT

    Apenas corrigindo um detalhe nesta notícia, a Região do MT que teve o pior desempenho no leilão de hoje, foi a Região 5, e não a Região 6, conforme colocado.

    A falta de interesse, deve-se ao fato de ser uma região com pouca produção de MILHO, em relação as demais do MT, e estar próximo ao mercado consumidor, também aliado ao baixo valor do prêmio.

    0