Milho: Leilão de PEP do próximo dia 12 será o último neste ano

Publicado em 05/08/2010 19:30 544 exibições
O próximo leilão de Prêmio de Escoamento de Produto (PEP) para milho, na 
quinta-feira (12), terá um volume de 1,23 milhão de toneladas e será o último da série iniciada em 27 de maio. A informação foi confirmada pelo coordenador geral da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Silvio Farnese, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo. Segundo Farnese, com esta oferta, o governo cumpre o objetivo de apoiar a comercialização de 12 milhões de toneladas do grão. "O resultado das operações está sendo satisfatório e já começamos a perceber uma melhora nos preços", afirmou.
Na próxima operação, Mato Grosso continuará a ter o maior volume: 800 mil toneladas. Goiás terá 140 mil t, e o Paraná ofertará 120 mil t. Em Mato Grosso do Sul o volume será de 80 mil t, em Minas Gerais a oferta será de 60 mil t e, em Rondônia, permanecerá o volume de 30 mil t. Depois do último leilão, o governo irá avaliar as operações e verificar como o mercado vai se comportar. "À medida que o milho for escoado, o preço vai reagir ainda mais", acredita Farnese. 
PEPRO TAMBÉM PARA O MT

Os produtores de Mato Grosso e Goiás também serão contemplados com um leilão de 
Prêmio Equalizador Pago ao Produtor (Pepro), com volumes de 250 mil e 50 mil toneladas, 
respectivamente. O pregão deverá acontecer no dia 19 de agosto. De acordo com Farnese, os prêmios e a divisão de regiões serão mantidos. "Vamos realizar o leilão de Pepro para os produtores que têm condições de ofertar grandes volumes de uma única vez", disse.
Na próxima quinta-feira (12), também haverá leilão de Pepro para o Nordeste, continuando as operações que iniciaram em oito de junho. As ofertas serão a cada 15 dias, mas segundo Farnese, não há uma definição de quantos leilões ainda serão realizados. As mudanças previstas são o aumento do volume para Piauí, para 25 mil t ante 15 mil t, e prazo para comprovar a operação de 45 dias, atendendo à reivindicação do setor produtivo daquela região.
O mercado recebeu com entusiasmo a notícia de mais um leilão de PEP e de um Pepro para o Centro-Oeste. Um corretor do Paraná disse que isso será "ótimo", porque ainda há muitos interessados nas operações. Em Santa Catarina, o corretor Amarildo Baldissera da Águia Corretora, afirmou que, com o preço mais remunerador no porto e o prêmio ofertado, a exportação está favorecida. 
Os editais para os leilões foram divulgados há pouco no site da Companhia Nacional de 
Abastecimento (Conab). 

Tags:
Fonte:
O Estado de S. Paulo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário