Milho: PEPRO tem deságio forte e demanda de 94,8%

Publicado em 19/08/2010 14:44 e atualizado em 19/08/2010 17:24 591 exibições
O leilão de PEPRO (Prêmio Equalizador Pago ao Produtor) para milho promovido nesta quinta-feira (19) pela Conab teve demanda de 94,78% da oferta de 300 mil toneladas de Goiás e de Mato Grosso. Apenas na região do MT que compreende os municípios do extremo-leste do estado, a região 5, não houve interesse para 100% da negociação de subsídios (73,88%).

 A operação de comercialização teve forte disputa pelos prêmios. Em Mato Grosso, o deságio ficou acima de 50%, registrando a maior disputa pelo produto ofertado no extremo-oeste do estado, com municípios como Brasnorte e Pontes e Lacerda, onde o valor caiu de R$ 5,64/saca para R$ 1,578/saca. Na região 1 - que engloba o norte do estado - o desconto na subvenção foi menor, 32%. Já as duas regiões de GO tiveram deságios de aproximadamente 30%.

O Pepro de hoje era um pedido da Aprosoja-MT e da Faeg (Federação de Agricultura de Goiás). Entretanto, alguns produtores afirmaram que a iferta de  300 mil toneladas foi insuficiente uma vez que só na região de Lucas do Rio Verde e Sorriso, no MT, o excedente ainda somaria 470 mil toneladas.

Veja o resultado do leilão de PEPRO na íntegra

Tags:
Fonte:
Redação NA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário