Milho: Preços atingem a máxima em 14 meses em Chicago

Publicado em 30/08/2010 15:02 e atualizado em 30/08/2010 17:15 549 exibições
Os futuros do milho trabalham em alta nesta segunda-feira em Chicago e atingem uma nova máxima em 14 meses frente aos resultados preliminares da colheita, que ficaram abaixo do esperado. A demanda por milho deve continuar forte, com importadores e pecuaristas recorrendo cada vez mais ao grão como matéria-prima da ração devido ao aperto das ofertas de trigo.
 
A expectativa dos negociadores é de que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) reduza a estimativa da produtividade média da safra de milho em relação as 174,6 sacas por hectare previstos no relatório de agosto. O governo divulgará a próxima projeção em 10 de setembro.

Às 15h05, horário de Brasília, o vencimento dezembro trabalhava a US$4,42/bushel, subindo 6 cents na CBOT.
Tags:
Fonte:
Redação NA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

2 comentários

  • Cristiano Zavaschi Cristalina - GO

    Se continuar todo esse carnaval em torno dos preços do milho ,que mal conseguiram atingir o valor referente ao custo de produção(para aqueles que não venderam a preços deploráveis para honrar seus compromissos) daqui a pouco teremos um aumento grande nas intenções de plantio e novamente preços mais baixos.

    0
  • Telmo Heinen Formosa - GO

    Gente, vocês estão perdendo a noção de valor. Eu não aguento mais estas bombásticas, espalhafatosas e abobalhantes manchetes de que o milho atingiu os maiores preços em Chicago, desde não sei quando sendo que mal apenas atingiu 4 dólares e pouco por bushel, o que dá cerca de 11.00 dólares/sc ou seja, menos de 20,00 reais por sc, embarcado em um Navio em Paranaguá, sendo que na BMFBovespa, base Campinas está uns 20% maior... abra bem os olhos e ninguém precisará chamar a sua atenção. Quando passar de R$ 30,00 em Campinas-SP, aí sim estará bom para o agricultor.

    0