Milho sobe em Chicago nesta quinta-feira e atinge mais alto nível desde outubro de 2008

Publicado em 10/09/2010 07:43
465 exibições
Os futuros de milho subiram para o mais alto nível desde outubro de 2008 ontem na bolsa de Chicago com os temores de que a recente onda de calor no Meio-Oeste americano esteja afetando as lavouras mais do que o governo dos EUA informará em seu relatório hoje. Os contratos para dezembro encerraram a US$ 4,7075 o bushel, aumento de 8,25 centavos de dólar. Segundo analistas ouvidos pela Bloomberg, a produção total de milho dos EUA será de 13,189 bilhões de bushels, menos do que os 13,365 bilhões de bushels estimados pelo governo americano em agosto. As temperaturas médias no Meio-Oeste no mês passado ficaram três graus acima da média de 60 anos. No mercado interno, o indicador Esalq/BM&FBovespa teve leve alta de 0,01% com a saca de 60 quilos fechando em R$ 23,02.
Tags:
Fonte: Valor Econômico

Nenhum comentário