Milho: Estoques de milho da Conab poderão ser acionados

Publicado em 27/09/2010 17:44
439 exibições
FALTARÁ MILHO? Diante da forte valorização do cereal no mercado internacional e o desenrolar positivo dos leilões de  auxílio  à  comercialização  feitos  pela  Conab,  os  números  de  comercialização  evoluíram  8  p.p.  de  agosto  a  setembro.  Alcançaram  7,6 milhões  de  toneladas  vendidas,  restam  em Mato Grosso  pouco mais  de  1 milhão  de  toneladas, ou seja, 12,2% da produção total de milho do Estado. Vale lembrar que, conforme foi falado em boletins
anteriores,  a  Conab  viabilizou  a  comercialização  de  7,2 milhões  de  toneladas  e  que  as  outras  400 mil  toneladas  provavelmente tenham sido vendidas para abastecer o mercado interno (pecuária, suinocultura e aves). As regiões  onde mais o cereal foi vendido são a Nordeste e a Norte, seguidas pelo Médio‐Norte. Apesar de rumores sobre uma  possível escassez de milho para abastecer o  consumo  interno do Estado, estimado em 2,2 milhões de  toneladas,
vale  lembrar  que  há  em  posse  da  Conab  2,9 milhões  de  toneladas  em  estoques  reguladores  que  poderão  ser  acionados. O que aliviará mais um problema corriqueiro, o  fluxo de armazéns, uma vez que estes estoques estão  armazenados há 2 anos em armazéns particulares  credenciados  juntos à Conab e que deverão  ser  liberados pelo menos em parte.

Clique aqui e confira a análise na íntegra.
Tags:
Fonte: IMEA

Nenhum comentário