Clima favorável nos EUA pressiona mercado de grãos em Chicago

Publicado em 28/09/2010 14:00 e atualizado em 28/09/2010 16:00
813 exibições
O clima seco nos Estados Unidos tem contribuído para o bom andamento da colheita no país e isso tem pressionado os futuros dos grãos - soja, milho e trigo - negociados na Bolsa de Chicago.

Segundo o meteorologista da MDA Information Systems, Don Keeney, as condições climáticas mais secas nos próximos 15 dias irão ajustar a umidade do solo e favorecer o trababalho das máquinas agrícolas depois que as chuvas excessivas retardaram o trabalho do campo.

Hoje o clima é um fator negativo para o mercado. Ainda ouço os produtores falando de boa produtividade na soja e o milho sinalizando uma melhora em seus rendimentos, disse Chad Henderson, analista da Prime Agricultural Consultants Inc, em Brookfield, Wisconsin.
 
 Antes de hoje, o milho subiu 37% desde o final de junho quando especulações de que o clima mais quente e seco poderia prejudicar a produção e reduzir a produtividade do cereal nas lavouras norte-americanas.

De acordo com um relatório do Deutsche Bank AG, as commodities agrícolas devem estender esse rally de preços até o próximo ano com os estoques de milho podendo ficar bastante apertados e com o clima comprometendo a produção na América Latina.

>> Veja como ficaram as cotações da SOJA

>> Veja como ficaram as cotações da MILHO

>> Veja como ficaram as cotações da TRIGO

Com informações da Bloomberg
Tags:
Fonte: Redação NA

Nenhum comentário