Governo realiza leilão de venda de milho nesta quarta-feira

Publicado em 04/01/2011 14:49 572 exibições
As 268 mil toneladas disponíveis são dos estoques da Conab em oito estados e vão complementar o abastecimento no período da entressafra.
O governo federal programou para esta quarta-feira, 5 de janeiro, o primeiro leilão do ano para a venda direta de 267,7 mil toneladas de milho dos estoques públicos. O objetivo é suplementar a oferta do grão no mercado interno. Será ofertado o cereal dos estados do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rondônia.

A safra de verão começará em fevereiro e poderá chegar a 31 milhões de toneladas do grão, de acordo com estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O governo mantém 5,6 milhões de toneladas de milho em seus armazéns. O produto foi adquirido pelo governo, por meio da Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM), quando os preços praticados nas principais praças do país estavam abaixo do mínimo. O retorno dos grãos ao mercado visa a regular os preços e evitar tendência de alta.

Podem participar do leilão avicultores, suinocultores, bovinocultores de leite e de corte, cooperativas de aves, de suínos e de bovinos de leite e de corte; indústrias de ração para avicultura, suinocultura e bovinocultura, de insumo para ração animal e de alimentação humana à base de milho. Todos devem estar cadastrados no Sistema de Registro e Controle de Inadimplentes (Sircoi) da Conab.

Tags:
Fonte:
Mapa

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • Telmo Heinen Formosa - GO

    Erro na noticia... "Todos devem estar cadastrados no Sistema de Registro e Controle de Inadimplentes (Sircoi) da Conab"... O final do item 04. dos Avisos reza assim ...."... que estejam devidamente cadastrados perante a Bolsa por meio da qual pretendam realizar a operação, e que estejam em situação regular no Sistema de Registro e Controle de Inadimplentes da Conab – SIRCOI." Regular no caso significa NÃO constar da Lista. Isto é Brasil! ziu! ziu! ziu! Quanto mais PT no Governo, pior a linguagem. E quase ninguém se importa.

    0