Governo aumentará volume de leilões de milho para amenizar alta dos preços, diz Rossi

Publicado em 08/02/2011 13:00 353 exibições

Durante a reunião de ontem do Conselho Superior do Agronegócio (Cosag) da Federação das Indústrias do estado de São Paulo (Fiesp), o ministro da Agricultura Wagner Rossi afirmou que o governo irá aumentar a freqüência e volumes dos leilões de milho com o objetivo de amenizar a alta dos preços pagos pelo cereal pelos consumidores em algumas regiões do país.

O ministro ainda afirmou que pedirá que o governo prorrogue a data para a averbação da reserva legal, que tem validade até dia 11 de junho. Rossi disse ainda que encaminhará ao governo o pedido para que desvincule a concessão de crédito da necessidade de averbação da reserva legal.

O ministro fez a afirmação após ser questionado a respeito das cartas que estão sendo enviadas aos produtores rurais alertando sobe a necessidade da averbação da reserva legal nas propriedades. De acordo com Luiz Carlos Pinto, vice-presidente de Agronegócios do BB, o banco é obrigado a cumprir a legislação. “Foi positivo enviar a carta e agora os produtores estão se mobilizando para prorrogar a data”, disse.


De acordo com o decreto 7.029/2009 os produtores são obrigados a registrar em cartório a área de mata nativa existente na propriedade, até dia 11 de junho.

Tags:
Por:
Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • Telmo Heinen Formosa - GO

    Aqui na nossa região não existe este problema. Todos os financiados, obrigados a tê-la, já tem a Reserva Legal averbada. A confusão na midia aconteceu em primeiro lugar porque há muito repórter BURRO, e a grande maioria ignorantes. Esclarecendo, ignorante é todo aquele que não sabe o que deveria saber e burro é burro mesmo. Contudo, como são mais de 16 mil ítens na legislação os idiotas da história toda são os ambientalistas que querem administrar pelo NÃO.

    0