Milho encerra a segunda-feira com a maior baixa em uma semana na CBOT

Publicado em 29/03/2011 07:31 437 exibições
Os futuros do milho encerraram o pregão de ontem com a maior baixa em uma semana, diante de especulações de que as exportações americanas do cereal deverão atender as expectativas de demanda. Além disso, a Bloomberg informou que o mercado também foi influenciado por produtores que pretendem elevar a área plantada para aproveitar os preços atraentes. De acordo com 32 analistas entrevistados pela agência, os americanos deverão plantar 4% a mais de milho neste ano que em 2010. Na bolsa de Chicago, os papéis com entrega em julho fecharam a US$ 6,7800 por bushel, com queda diária de 17,50 centavos de dólar. No mercado doméstico, o indicador Cepea/Esalq para a saca de 60 quilos ficou em R$ 31,52, com variação positiva de 0,03%.
Tags:
Fonte:
Valor Econômico

0 comentário