Estiagem prejudica lavouras de milho safrinha no Paraná

Publicado em 06/06/2011 08:08 669 exibições
Na região de Campo Mourão, a produtividade pode cair cerca de 20%. Os números devem ficar abaixo do esperado.
O céu limpo só aumenta a preocupação do agricultor Gabriel Jort. Faz mais de um mês que não chove na propriedade, onde 100 hectares de milho foram plantados. A maior parte da lavoura está na fase da frutificação, mas a falta de água pode acabar de vez com a qualidade do grão.

Na região de Campo Mourão, centro-oeste do Paraná, a área de milho plantada foi de 265 mil hectares. A Secretaria Estadual da Agricultura previa inicialmente uma produção de 1,6 milhão de toneladas, mas os números devem ficar bem abaixo disso por causa da seca.

A Cooperativa de Campo Mourão já tem uma estimativa parcial dos prejuízos causados pela seca. As perdas na produtividade do milho safrinha dos cooperados da Coamo chegam a 15%.

Apesar da possível queda, o presidente da Coamo acredita que o bom preço do milho deve continuar. “Os estoques estão baixos no Brasil e a tendência de preço é boa para a colheita do milho safrinha”, explica José Aroldo Gallassini.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário