Milho: Colheita e clima pressionam valores no Brasil e nos EUA

Publicado em 21/06/2011 10:13 718 exibições
Apesar de os níveis de oferta e demanda de milho nos mercados interno e externo não terem se alterado para o curto prazo, as cotações do grão caíram nos últimos dias. No mercado interno, o início da colheita em Mato Grosso e as excelentes, se não recordes, produtividades pressionaram fortemente as cotações regionais, influenciando, também, o movimento de outras praças – dados do Cepea. Nos Estados Unidos, as quedas na semana passada foram influenciadas pela melhora no clima. Quanto aos preços no Brasil, entre 13 e 20 de junho, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas-SP; valores a prazo são convertidos para à vista pela taxa de desconto CDI) caiu 0,58%, fechando a R$ 31,01/saca de 60 kg na segunda-feira, 20. Se considerada a taxa de desconto NPR, na região de Campinas, o preço médio à vista foi de R$ 30,27/sc de 60 kg na segunda, baixa de 1,08% no comparativo com a segunda anterior.
Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário