Milho: Para Imea, perdas na safrinha de Mato Grosso são divergentes

Publicado em 22/06/2011 10:59 642 exibições
Segundo informações do boletim semanal do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), mais uma vez as opiniões divergentes estão ocorrendo nesta safra de milho mato-grossense. Mas será que de fato alguém está errado ou a base de comparação não tem sido a mesma? São comuns notícias de 30%, 40% e até 50% de diminuição na produção.
O ponto crucial dessas considerações é: quanto se esperava produzir nesta atual 2a safra e em qual período de plantio terá perda? Se partirmos do número de uma das melhores produtividades da cultura ocorrida em 2008/09, quando se obteve produtividade de 84,5 sacas por hectare, na área de plantio desta safra atual de 1,7 milhão de hectares, seria possível produzir 8,9
milhões de toneladas.
Depois de toda interferência climática, estes números de produtividade e produção foram ajustados para baixo, estimados agora em 64,1 sacos por hectare com um total de 6,7 milhões de toneladas. Isso representa uma diminuição de 24% na produção potencial da safra de milho. Comparando com a produtividade da safra passada, que já foi bem abaixo do potencial, a queda
estimada para esta safra atual será de 11,2%.
Tags:
Fonte:
Agência Safras

0 comentário