Milho fecha terça-feira em alta na CBOT diante de números do USDA sobre condições das lavouras

Publicado em 29/06/2011 07:33 266 exibições
Os contratos futuros do milho registraram ontem a maior alta em quase três meses no mercado futuro americano, depois que um relatório do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) mostrou que chuvas excessivas combinadas ao tempo quente prejudicaram as condições do campo. O país é o maior exportador de milho do mundo. De acordo com o USDA, cerca de 68% das lavouras do país estavam em condições boas ou ótimas até domingo, contra 70% da semana anterior. Com isso, os contratos com vencimento em setembro fecharam o dia a US$ 6,70 por bushel, com alta de 25,75 centavos de dólar, na bolsa de Chicago. O indicador Esalq/BM&FBovespa para o milho ficou em R$ 30,02 por saca, com variação diária negativa de 0,69%.
Tags:
Fonte:
Valor Econômico

0 comentário